quarta-feira, 22 de abril de 2009

Estilos Touring

A categoria Touring reúne não só estilo clássico, como também o luxo, as altas potências e o que há de mais confortável no motociclismo. São motos prontas para receberem acessórios que as deixam ainda mais luxuosas e prontas-para-a-estrada. Aparelhos de CD e/ou DVD são exemplos disso.
A Yamaha lançou, em 1996, a sua touring XVZ 1300A Royal Star. Como motor de 1.294 cc e 75 cv, ela atinge a velocidade máxima de 115 mph (185 km/h). Desta versão, no ano seguinte, foi lançado o modelo XVZ 1300A Royal Star Tour Classic, com características semelhantes à sua precursora. Em 1999, veio a Yamaha Venture Star, que substituiu as duas primeiras. Em 2001, a versão Venture sofreu modificações para o mercado europeu, apenas. E não mais foi lançada. Na europa, hoje se encontra esses modelos em faixas de preço que variam de £1.615,00 a £3.500,00. Em reais, isso dá entre R$ 5.247,00 a R$ 11.371,00 (calma, apressadinhos, nesse valor, não estão inclusas as taxas de importação e outras taxas ridiculamente cobradas em caso de trazê-las ao Brasil, afinal, você conhece o sistema de taxamento tupiniquim, não é?).



Já a Honda apostou - e continua apostando - na sua Gold Wing GL1500, cuja primeira versão foi lançada em 1988. Com motor de 1.520 cc e 100 cv, ela atinge a velocidade de 100 mph, ou 160,9 km/h. A menina é um "monstro", mas dos mais belos e luxuosos.
A versão GL1500 ficou no mercado até meados do ano 2000, sendo então substituída pela versão GL1800, de 1.832 cc, 116 cv e velocidade máxima de 193 km/h (120 mph). O valor da menor - no mercado europeu - varia de R$ 7.500,00 a R$ 22.800,00 (usadas). No Brasil, dobre e coloque um pouco mais acima para se ter uma base de seu valor por aqui.


Conforto é uma das palavras-chave da Gold Wing GL1800

Já as novas, de 1.832 cc, munidas de airbag e freios ABS, não custa menos que R$ 92.000,00 no Brasil (novas). Além do airbag e dos freios ABS, a Gold Wing 1800 conta com o sistema anti-mergulho (Anti-Dive System) em sua suspensão dianteira, que evita que a frente da moto se abaixe, quando o piloto aciona o freio dianteiro. Já a suspensão traseira, regulável, usa o moderno sistema Pro-Link, com balança monobraço tipo Pro-Arm, que garante maior conforto e sgurança ao pilotar, porque elimina quase que totalmente as trepidações em terrenos irregulares.


Honda Gold Wing GL 1500, da década de 90.

A Gold Wing vem, ainda, equipada com 3 compartimentos de bagagem e 4 porta-objetos, cujas travas podem ser acionadas ou desativadas por controle remoto. O sistema de som é potente e seu controle, automático, situa-se no punho lateral esquerdo. Não se pode esquecer, também, de que esta moto possui marcha-à-ré, proporcionando manobras sem esforço ao piloto, sistema eletrônico que permite velocidade de cruzeiro constante (Cruise Control) e computador de bordo, para monitoramento de suas funções, 3 hodômetros (um total e dois parciais), relógio, termômetro que mede a temperatura do ar ambiente, entre outros parangolês. Desse jeito, vale o preço, não?


Bagageiros espaçosos completam o belo e clássico design da GL1800

Nenhum comentário: