terça-feira, 12 de maio de 2009

Das Antigas - Parte II

------------------------------------------

No ano de 1919, dois americanos, Gordon Francis e Arthur Benett, juntaram suas habilidades para dar início àquela que veio fazer parte da história do motociclismo: a marca Francis-Benett. A idéia era fabricar uma motocicleta leve e que fosse esperta nas cidades, principalmente, devido aos problemas de tráfego que enfrentavam no pós-guerra.
A primeira moto que fabricaram foi um modelo de 292 cc, com apenas 2 marchas. De fábrica, seu tanque saía pintado de vermelho e preto e era considerada uma moto muito bonita, na época. Apesar disso, seu preço de £84,00 não era para qualquer comprador.

---------------------------------------------
Uma legítima Francis-Benett, de 1925.

Foto: http://www.francis-barnett.co.uk
-------------------------------------------

Para conseguir penetrar ainda mais no mercado já competitivo e tirar o rótulo de moto cara, Gordon teve, nas frentes de batalha, sua inspiração maior. Ele via que as motocicletas costumavam ter seus quadros quebrados, devido a tantos buracos e trepidações pelos locais onde os soldados rodavam. Foi então que, em 1923, de volta ao seu estúdio, criou um modelo de quadro reforçado, que se adaptava a qualquer terreno. Logo abaixo do tanque, o quadro tinha a forma de um triângulo invertido. O tanque, com sua forma também triangular, era seguro por um conjunto de tubos de formato similar. Com esse modelo, a Francis-Benett ganhava fama como uma motocicleta de raça.

--------------------------------------------
Modelo de 1923, originada a partir de
outros usados na I Guerra Mundial e
criada para ser uma moto mais resistente.
Foto: Francis Benett Owner´s Club.
http://www.francis-barnett.co.uk/history.htm






O preço desse novo modelo caiu para £24,00, tornando-a uma moto mais acessível à maioria dos bolsos. Seu motor, contudo, tinha menos cilindradas - 147 cc - e também duas marchas, apenas. Outro fator que colaborou para a grande diferença no preço final foi justamente o custo da matéria-prima utilizada, que era bem menor. Mesmo assim, moto e marca acabaram fazendo sucesso e parte da história do motociclismo.

Nenhum comentário: