segunda-feira, 4 de maio de 2009

HONDA VTR 250

--------------------------

Quando a Twister 250 foi lançada, caiu no gosto do brasileiro com facilidade. Foram milhares de unidades vendidas e que, até hoje, são vistas freqüentemente nas ruas. Apesar de ser muito boa e ter tido uma atualização pra lá de esportiva em 2007/08, hoje é uma motocicleta com preço considerado baixo pelos padrões.


Honda CBX 250 - sucesso entre os brasileiros

Com o lançamento da Yamaha YS Fazer 250, a Twister perdeu um naco considerável do mercado, já que a Fazer também conseguiu atingir o coração da galera. A sorte da Honda, digamos assim, foi o preço da Fazer, cerca de R$ 10 mil em seu lançamento, contra os cerca de R$ 9 mil da Twister. Mas, a preferência nacional, mesmo devido à manutenção mais barata, é pela Honda (sem entrar nos méritos de cada uma dessas motos).


Yamaha YS Fazer 250 - deixando alguns boquiabertos

Ainda esse ano ou, no mais tardar, no início do ano que vem, a Honda vai escancarar o mercado com o lançamento de uma nova "naked street" 250: a Honda VTR 250 cc. Ela já foi lançada na Europa e, em breve, estará circulando também nas vias norte-americanas. Para o Brasil, como foi dito, a teremos do meio de 2009 para o final ou, ainda, somente no início de 2010.


Honda VTR 250 - uma naked que não dá chance a discussões

Apesar de nova na Europa, a VTR 250 já tem uma certa história no Japão e, assim como no velho continente, tem agrado e muito aos motociclistas, principalmente, aos mais jovens. É uma moto de fácil condução, confiável, boa de curvas, ótima relação quadro x motor, o que lhe rende potência nas saídas e na final. Possui motor de 2 cilindros em V, duplo comando no cabeçote e sistema de arrefecimento líquido (água ou, mais recomendado, fluido específico para o radiador).
É uma moto que não saiu da planta em branco, por isso é tão bem elaborada. Sua primeira versão surgiu em 1997, mas já como sucessora e atualização da antiga VT250 F, surgida nos mercados oriental e europeu em 1982.


Honda VT 250F, "mãe" da VTR 250.

Em termos de potência, o motor da VTR 250 cc oferece 29 cavalos a 10.500 rpm e torque máximo de 2,24 kgf.m a 8.500 rpm. Econômica, é uma moto ideal para ser usada no cotidiano das grandes, médias e pequenas cidades. Na estrada, vai bem em qualquer lugar, evidentemente, sendo mais confortável nas pequenas e médias distâncias.
Agora, é esperar e conferir seu comportamento nas cidades brasileiras. Mas, com certeza, não vai decepcionar.




A VTR 250 possui motor bicilíndrico em "V"

2 comentários:

Anônimo disse...

perfeitas!!!!!!!!

felipe disse...

4 Anos após e nada de chegar no Brasil aqui é fim de linha mesmo aff