segunda-feira, 20 de julho de 2009

Triumph Tiger 1050: uma trail maxi

-------------------------------------
De alguns anos para cá, a inglesa Triumph tem se destacado não só pelos novos modelos postos no mercado, como também no avanço tecnológico implantado em suas máquinas.
Um bom exemplo desse avanço pode ser visto em motos como a Daytona 675, que fez bonito nas exposições que participou, desde que foi produzida. Outra motocicleta em que a aposta da Triumph foi alta, em termos de custos de produção e tecnologia, é a nova Tiger 1050, lançada neste ano de 2009.
-------------------------------------
O modelo JetBlack é esse da imagem abaixo: uma moto linda e com potência suficientes para conquistar qualquer motociclista



A Tiger é tida como "sport-touring", como também como uma maxi-trail. Seja como for, ela não foi preparada para viagens off-road, pelo contrário, ela se adapta perfeitamente ao asfalto. Isso não quer dizer que, se um amigo o convidar para um churrasco daqueles na chácara dele, você tenha que recusar. Só não vá achando que a moto é feita para saltos e manobras radicais em estradas de terra, porque não é. Se bem que há louco para tudo.
Com 1050 cc, seu motor é tricilíndrico com disposição em linha e 12 válvulas, produz potência de até 115 cv a 9500 rpm e torque de 10,2 kgfm a 6.250 rpm. Possui seis marchas e uma ergonomia eficiente, que acaba proporcionando maior conforto ao piloto, especialmente, nas viagens longas, como também ao passageiro.
------------------------------------------
Ergonomia perfeita traz muito conforto ao piloto e ao passageiro.




A Triumph Tiger 1050 é refrigerada a líquido e alimentada eletronicamente por injeção multiponto seqüencial. Isso quer dizer que são múltiplas agulhas injetando combustível uma após a outra, evitando desperdício e ganhando na performance e economia de gasolina.
A suspensão dianteira da Tiger é de garfo telescópico invertido e ajustável, com 150 mm de curso. A traseira é por mono-amortecedor, também ajustável e com 150 mm. As rodas são ambas de 17 polegadas de diâmetro, sendo que, na dianteira, usa-se um pneu 120/70 ZR 17 e, na traseira, um 180/55 ZR 17, conjunto este que garante uma ótima estabilidade em retas e curvas.
Seu tanque tem capacidade para 20 litros, garantindo uma autonomia de cerca de 350 km ou mais. Os modelos 2009, providos de ABS, ainda estão em fase de "pesquisa" em relação à sua economia, segundo o site Motorcycles.com.
-------------------------------------------------
Painel da Triumph 2009: parte analógico, parte digital e informações como: velocidade, tacômetro, odômetro, horas, aviso de nível de combustível e aviso de temperatura



No Brasil, o representante da Triumph é o Grupo Izzo, o mesmo que traz as Harleys para o nosso país. O modelo 2009 sai por R$ 54.900,00, um pouquinho salgado para a grande maioria dos apaixonados por 2 rodas.
Esportividade com suavidade, essa é a sensação de pilotar uma moto como a Tiger.

Fotos: Divulgação

Um comentário:

Motocicletas disse...

Motocicletas são maravilhosa. Amo praticar motociclismo, é a minha paixão.