segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

SW-T600, o Maxi Scooter da Honda

------------------------------------------------------------
Infelizmente, galera, por enquanto, está à venda somente na Europa. Mas, assim mesmo, vamos conhecer essa coisinha linda que a Honda está colocando nas ruas do velho continente.
Com motor de 2 cilindros, 582 cm³ e 51 cv de potência, a SW-T600 se destaca pelo requinte e sofisticação, com o design seguindo as linhas de seu antecessor, o SW-T400 (também não lançado por aqui). Com traços bem modernos, o SW-T600 é bastante imponente sem abusar de suas dimensões - 250 kg, medindo 2,29 mts de comprimento, mas com motorzão de maior capacidade cúbica, como vimos. Na verdade, trata-se de uma atualização do motor 400, mas, parece que o fabricante acertou na ideia, já que está sendo muito bem aceito por lá. Para viagens longas, é simplesmente perfeito, tamanho o conforto e segurança que o maxi scooter oferece.


Conforto

E, por falar em conforto, esse foi um item de grande preocupação por parte dos engenheiros da Honda. Suas linhas e seus equipamentos, o desenho das carenagens, junto ao pára-brisa, faz o fluxo de ar ‘correr’ pela moto, aproveitando melhor sua aerodinâmica e minimizando a resistência. O painel é completo: formado por velocímetro, marcadores de gasolina e nível de óleo. Uma tela de LCD informa o consumo do combustível e ainda, se preciso, alerta sobre mau funcionamento do câmbio e problemas na transmissão CVT, que é feita por correia em V.
Pensando em oferecer um maior conforto ao piloto, o assento é baixo - a apenas 75,5 cm do solo. Há, também, um encosto para a coluna, separando piloto e garupa, e ainda permite que a costas do condutor fique reta, melhorando sua postura ao pilotar o scooter. Embaixo do assento, há espaço suficiente para acomodar dois capacetes fechados ou uma mochila grande. Em seu interior, já uma pequena lâmpada, que se acende sempre que o banco for aberto, para facilitar a visualização do interior do compartimento. E mais: porta trecos com chave compõe o anteparo do escudo frontal do SW-T600.

Motor

Diferentemente de outros scooters, que são equipados com pequenos motores de um cilindro, o SW-T600 é bicilíndrico, capaz de produzir 51 cv a 7500 rpm e 5,61 kgfm a 6.000 rpm. Ele ainda possui 8 válvulas, refrigeração líquida e duplo comando no cabeçote (DOHC). O motor do SW-T600 é alimentado por injeção eletrônica (PGM-FI), garantindo baixo consumo de combustível. O SW-T600 tem uma boa arrancada na cidade e ainda garante uma viagem tranquila nos finais de semana. Seu tanque de combustível, com capacidade para 16 litros, resulta em uma boa autonomia.

Ciclística

O SW-T600 traz na dianteira garfo telescópico de 41 mm de diâmetro e 120 mm de curso. Na traseira, um duplo amortecedor com cinco ajustes na pré carga da mola. No trem dianteiro, o maxi-scooter japonês conta ainda com roda de 14 polegadas e disco simples de 276 mm, mordido por uma pinça de pistão triplo. Já na traseira, roda aro 13" e disco de 240 mm, com pinça de pistão duplo. Os freios do SW-T600 são combinados, ou seja, freios dianteiro e traseiro são acionados de forma conjunta, otimizando a frenagem. Além disso, a Honda disponibiliza uma versão (topo de linha) com freios ABS.

Preço

Hoje, no Brasil, o SW-T600 teria como principal concorrente o Suzuki Burgman 650. Também dotado de motor de dois cilindros, o da Suzuki gera 55 cv de potência de potência máxima. Na Europa, o novo modelo da Honda custa 8.800 Euros. Já no Brasil, a J. Toledo/Suzuki vende seu confortável maxi-scooter por R$ 37.900,00.
Esperemos, contudo, que uma ótima novidade como esta venha parar em terras tupiniquins, afinal, galera brasileira curte muito viajar em duas rodas. Ainda mais, com tanto conforto.

3 comentários:

Anônimo disse...

olá!
vivo em Lisboa e possuo um JEEP GRAND CHEROKEE Turbo de 3100 CC.
gasta gasóleo para xuxu!!!
é mesma nesta SCOOTER que estou a pensar!
tenho que saber o preço cá, pois com a CRISE não dá para deslocar de JEEP!!!
obrigado por este post!

agmcarlos@gmail.com

Carlos
.

Anônimo disse...

Aqui em Portugal a SW-T600 custa 7.900 euros (sem sistema ABS) ou 8.400 euros (com sistema ABS).
Ao câmbio de hoje (08/04/2011) estamos a falar de valores em torno de 18.000 Reais (sem sistema ABS) ou 19.100 reais (com sistema ABS).

O preço desse tipo de motos (maxi-scooters) aí no Brasil está simplesmente absurdo!! :-((

Mozart F "Malluko" disse...

É, meu amigo anônimo, aqui no Brasil temos que conviver e, de forma triste e forçada, aceitar as altas taxas que o governo nos impõe. O Brasil é um país muito bonito, naturalmente, mas, se tratando de política e políticos, não deve ser muito diferente da Bolívia e de alguns países de política corrupta existentes no continente africano. Lamentável, mas, é assim. Abraço.