quarta-feira, 30 de março de 2011

Nova Suzuki Burgman i 2012: descolada e espertinha

--------------------------------------------------------------
A nova scooter da Suzuki, a Burgman i 2012, é esperta, tem estilo descolado e design tentador, projetado com um despojado visual e um enorme compartimento sobre o assento, onde pode ser guardado um capacete grande. 
Desenhada para oferecer conforto com um novo e amplo assento, a nova Burgman possui aceleração suave e sua transmissão, agora, é 3,8% mais curta, o que lhe garante mais força nas arrancadas e ao mesmo tempo, foi trabalhada para utilizar menor rotação em altas velocidades. Aliados ao novo motor com injeção eletrônica, isso lhe traz menor consumo de combustível e melhor velocidade final, devido à progressiva entrega de potência.
Completa de fábrica, com partida elétrica, freio a disco, rodas de liga leve, novo painel eficiente e de fácil leitura, novo chassi, nova pedaleira retrátil do passageiro, partida elétrica e a pedal, amplo farol com lâmpada alógena com ajuste de foco no porta luvas, porta luvas, chave de segurança com código magnético (shutter key), retrovisor com ajuste interno, pesos de guidão com balanceador de guidão interno, além de novo sistema de controle de marcha lenta (ISC). Ufa! Quanta mudança! A nova Burgman i vem nas seguintes cores: amarelo, branco, vinho, cinza e preto




Performance
O projeto do motor da Burgman é inovador: quatro tempos, 125 cm³, 2 válvulas, OHC, monocilindro refrigerado a ar forçado.
Em comparação com o modelo anterior, o pistão sofreu um aumento de 1,3 mm em seu diâmetro e houve uma diminuição de 3,4 mm no curso, o que garante uma resposta melhor e mais rápida durante a pilotagem. 


Outra boa mudança na estrutura da scooter foi o bocal de abastecimento do óleo do motor que, nas versões anteriores, era preciso abrir a tampa do chassi para fazer a troca. Agora, o bocal fica localizado na lateral do motor, o que agiliza a troca.
Destaque para o Sistema DCP (Discharge Controlled Pump - Bomba de Descarga Controlada), onde a bomba de combustível e o bico injetor fazem parte de um mesmo conjunto, deixando-o mais compacto e eficiente, além de facilitar e diminuir sua manutenção. E também para o Sistema ISC (Idle Speed Control ? Controle de Marcha Lenta), que ajusta a mistura (ar + combustível) de acordo com a temperatura do motor, facilitando a partida a frio e propiciando uma marcha lenta mais estável e progressiva, além de diminuir as emissões de gases poluentes. A captação de ar possui também um novo esquema, que fica localizado sob o assento, longe a aspiração de água e poeira geradas pelo pneu.



Transmissão totalmente automática tipo CVT (Continuously Variable Transmission - Transmissão Variável Contínua) via correia em "V" e polias de diâmetro de contato variável, que proporciona a comodidade de não precisar trocar marchas e/ou usar a embreagem. A relação de transmissão do foi revisada estando agora 3,8% mais curta, para garantir maior força nas arrancadas, e ao mesmo tempo esta também 9,85% mais longa, para utilizar menor RPM em altas velocidades, e assim garantir menor consumo de combustível e melhor velocidade final, ou seja a variação do CVT agora é muito mais ampla, melhorando o desempenho em velocidades iniciais e finais.
Relação variável do CVT (comparativo): AN125 Burgman: 2,433 ~ 0,813
Burgman i: 2,672 ~ 0,782

Design
1. Novas rodas de liga leve.
2. O painel de instrumentos remodelado muito eficiente e de fácil leitura.  Agora com indicador de falha e diagnose do sistema de injeção de combustível, indicador do nível de combustível, luzes de farol alto e indicadores de direção e velocímetro.
3. Posição de pilotagem desenhada para máximo de conforto, além da proteção da carenagem para as pernas.
4. Nova pedaleira do passageiro, agora retrátil em alumínio, muito mais prática e confortável.
5. Porta-luvas no painel frontal e amplo porta objetos sob o assento para praticidade no transporte de pequenos objetos.
6. Suporte (gancho) para pendurar sacolas ou bolsas, localizado na parte interna da carenagem frontal.
7. Retrovisor na cor do modelo com ajuste interno.
8. Prático compartimento sob o assento agora com maior capacidade, cabendo até alguns modelos de capacete fechado.

Tecnologia

1. Freio dianteiro a disco ventilado, mordido por pinça deslizante de pistão, simples garantindo uma frenagem progressiva e segura.
2. Freio traseiro de tambor com sapatas expansoras.
3. Novo chassi, nova ciclística, propiciando uma dirigibilidade estável e maior agilidade nas manobras.
4. Suspensão dianteira telescópica de amortecimento hidráulico, e traseira por conjunto de amortecimento hidráulico com pré-carga da mola regulável.
5. Partida elétrica e a pedal para propiciar a partida do motor mesmo com carga baixa na bateria.
6. Amplo farol de lente plana com lâmpada alógena, dotado de prático ajustador do foco através de uma abertura acessível  do porta luvas.
7. Pesos do guidão embutidos , diminuindo a largura total do guidão para maior facilidade de manobras além de menor vibração.




Ficha técnica 
Motor 4 tempos, monocilintrico, 2 válvula, OHC, refrigerado a ar forçado
Cilindrada 124 cm³
Diâmetro x Curso 53,5 x 55,2 mm
Taxa de Compressão 9,6:1
Transmissão Variável Automática - CVT
Sistema de Transmissão Correia em "V"
Sistema de Lubrificação Cárter Úmido
Alimentação Injeção eletrônica
Tipo de Ignição Eletrônica
Sistema de Partida Elétrica e Pedal
Comprimento Total 1.840 mm
Largura Total 650 mm
Altura Total 1.100mm
Dist. Mínima entre Eixos 1.230mm
Distância do Solo 125mm
Altura do Assento 730mm
*MVOM 111 Kg
Suspensão Dianteira Telescópica de amortecimento hidráulico, mola helicoidal
Suspensão Traseira Balança articulada, de monoamertecimento hidráulico, mola helicoidal
Freio Dianteiro Disco
Freio Traseiro Tambor
Pneu Dianteiro 90/90-10 50J, sem camara
Pneu Traseiro 100/90-10 56J, sem camara
Tanque de Combustível 6,0 litros
Óleo do Motor 1 litros (com troca de filtros)
Marcha Lenta 1.600 +/- 100 rpm
Potência Máxima 9 hp (métrico) a 7.500 rpm
Torque Máximo 0,95 kgf.m a 6.000 rpm
Cores Preta - Prata - Vermelha - Amarela - Branca


 

XL700V Transalp: versatilidade e força para encarar qualquer aventura

-----------------------------------------------------------------
Modelo chega ao Brasil para liderar a categoria Big Trail; com design esportivo e tendência Adventure, associa conforto e ciclística superior
 
Combinando vocação estradeira, facilidade na pilotagem e potente motor,
a XL 700V Transalp conquistou uma legião de fãs ao longo de sua trajetória no mundo. Seu porte imponente, aliado à força do motor bicilindrico em V, proporciona versatilidade, controle e emoção tanto no uso urbano quanto em viagens. Já consagrado no mercado europeu, o modelo chega ao Brasil para oferecer ao consumidor brasileiro a opção ideal para encarar as mais emocionantes aventuras.


Atributos como facilidade na pilotagem, conforto e agilidade garantem excelente desempenho em qualquer situação e permitem desbravar novos horizontes, independentemente dos obstáculos que se apresentem. Por isso, satisfaz os anseios dos mais variados tipos de motociclistas – desde aqueles que necessitam de um veículo para uso diário até os mais aventureiros, que concretizam o sonho de cruzar continentes.

A XL 700V Transalp surgiu no mercado europeu como resposta à crescente popularidade do rali mais disputado do mundo – o Paris-Dakar. Agora, é apresentada ao mercado brasileiro com suas principais características revitalizadas. O modelo chega para liderar a categoria Big Trail no País, apostando na elegância, conforto, fácil pilotagem e, principalmente, força em qualquer situação.

Estilo aventureiro

A XL 700V Transalp inaugura um novo capítulo nos quesitos estilo e diferenciação. As linhas do conjunto refletem uma filosofia sempre dinâmica e aventureira, com carenagens estreitas e compactas, linhas agressivas e angulares em todos os elementos que a compõem. Seu design transmite força, robustez, seguindo a tendência Adventure.

A dianteira é compacta e apresenta bom comportamento aerodinâmico, devido ao pára-brisa que reduz a resistência do ar, proporcionando uma pilotagem mais confortável e prazeirosa em viagens.

O painel de instrumentos traz conta-giros analógico e mostrador digital, reforçando o estilo moderno e esportivo do modelo. Os mostradores de LCD incluem informações de velocidade, quilometragem percorrida, relógio, indicador de nível de combustível e temperatura do líquido de arrefecimento do motor.

O tanque de combustível completa o design do conjunto e tem capacidade máxima de 17,5 litros, proporcionando boa autonomia para viagens.

O conjunto óptico conta com farol multi-refletivo de duas lâmpadas sobrepostas na dianteira. De formato oval, oferece grande capacidade de iluminação para pilotagem noturna. A durabilidade é ampliada pelas lâmpadas halógenas de filamento único.

O grafismo que envolve o logotipo da Transalp nas carenagens laterais dianteiras foi inspirado nos atuais aparelhos de navegação por satélite (GPS), reforçando a vocação aventureira do modelo. A posição dos números corresponde ao ponto mais alto da Europa acessível com uma motocicleta, situado em Col de la Bonette, no sul dos alpes franceses.

O estreito, ergonômico e confortável assento da Transalp, combinado com a distância ao solo (837 mm), oferece todo o conforto necessário para percorrer longas distâncias. Na linha do assento está o novo bagageiro traseiro, em resina moldada, que proporciona ao garupa um melhor apoio para as mãos.

Motor forte e vigoroso

Inicialmente, em 1987, a Transalp contava com motor de 583 cm3, um dos mais robustos da categoria à época. Em 2000, sua capacidade cresceu para
647 cm3, o que resultou em um expressivo aumento de seu desempenho.
 
A terceira geração, que chega ao Brasil, conta com motor SOHC bicilíndrico em V a 52º, quatro tempos, oito válvulas, com capacidade cúbica de 680 cm3, alimentado por injeção eletrônica PGM-FI, arrefecido a líquido. O propulsor oferece grande versatilidade e confiabilidade, gerando potência máxima de 60cv a 7.750 rpm e torque máximo de 6,12 kgf.m a 6.000 rpm.

O sistema de injeção eletrônica de combustível PGM-FI utiliza dois corpos injetores de 40 mm de diâmetro, integrados numa única unidade, cada um com 12 orifícios injetores. Assim, otimizam a mistura admitida nos cilindros e resultam em mais potência, controle preciso do acelerador e entrega de potência mais linear. Desta forma, o sistema PGM-FI contribui para a redução do consumo de combustível em todas as situações de uso.

Com o novo motor, a XL 700V Transalp oferece maior potência, especialmente em médias rotações, com grande capacidade de aceleração e respostas mais rápidas ao comando acelerador.

Além do arrefecimento a líquido, o motor conta com um radiador de óleo que o torna mais confiável e robusto, sempre pronto para percorrer longas distâncias, sejam quais forem as condições da estrada e o ritmo da viagem.

Ideal para todas as situações

A XL 700V Transalp utiliza chassi de berço duplo em aço, que garante equilíbrio, peso reduzido e rigidez. O aumento em 10 mm da distância entre eixos, agora de 1.512 mm, contribui para a estabilidade da motocicleta em altas velocidades, principalmente com garupa e bagagem.

O conjunto de suspensões apresenta, na dianteira, garfo telescópico com
200 mm de curso. Na traseira, conta com mono-amortecedor do tipo Pro-Link, que garante um comportamento eficaz e confiável nos mais variados tipos de terreno.

Na dianteira, a roda é de 19’’, com aro em alumínio e pneu de configuração 100/90, que garante um melhor controle direcional e resulta em uma pilotagem mais fácil na cidade, além de um comportamento mais suave em estradas.
Na traseira, utiliza pneu radial 130/90, que oferece mais conforto e segurança, principalmente nas curvas em altas velocidades.

Na versão Standard, o sistema de freios conta com disco duplo de 256 mm de diâmetro na dianteira e pinças de duplo pistão. Na traseira, o disco de 240 mm de diâmetro é acionado por pinça de pistão único.

O modelo também está disponível na versão com freios Combined ABS (C-ABS), que apresenta, na dianteira, pinças de três pistões. O sistema, que é sinônimo de segurança sobre duas rodas, reúne os benefícios do ABS (Anti-lock Brake System) e do CBS (Combined Brake System). Enquanto o primeiro evita o travamento das rodas em frenagens bruscas, facilitando o controle do veículo em situações de emergência e permitindo manter seu controle direcional, o segundo distribui a força de frenagem entre as rodas dianteira e traseira.

A XL 700V Transalp conta ainda com o sistema anti-furto HISS, desenvolvido pela própria Honda, que proporciona segurança ao estacionar o veículo em locais públicos. O avançado sistema de identificação por meio de chip eletrônico localizado na chave de ignição faz com que somente a chave original tenha capacidade para acionar o motor. Assim, o motociclista fica protegido contra tentativa de furtos com chaves não originais.

O modelo estará disponível na rede de concessionárias Honda a partir de abril de 2011, nas cores preta e branca. Seu preço público sugerido é de
R$ 31.800,00 para a versão Standard e R$ 34.800,00 para a versão com freios   C-ABS (valores com base no Estado de São Paulo, não incluem despesas com frete e seguro). A garantia é de um ano, sem limite de quilometragem.

Especificações técnicas
Categoria
Big Trail
Motor
680,2 cc, OHC, dois cilindros, 4 tempos, refrigeração líquida
Potência máxima
44,1 kW (60 CV) a 7750 rpm
Torque máximo
60 N.m (6,12 kgf.m) a 6000 rpm
Diâmetro X Curso
81,0 x 66,0 mm
Sistema de alimentação
Injeção Eletrônica PGM-FI
Relação de compressão
10,0 : 1
Sistema de partida
Elétrico
Transmissão
5 velocidades
Embreagem
Multidisco em banho de óleo
Lubrificação
Forçada, por bomba trocoidal
Ignição
Eletrônica
Bateria
12V – 11.2 Ah
Farol
55/55W
Capacidade do tanque
17,5 litros (3,0 litros de reserva)
Óleo do motor
2,9 litros (2,1 litros para troca)
Chassi
Semi berço duplo
Suspensão dianteira
Garfo telescópico com 200 mm de curso
Suspensão traseira
Pro-Link
Freio dianteiro
Disco duplo de 256 mm de diâmetro e pinças de duplo pistão (STD)
Disco duplo de 256mm de diâmetro e pinças de três pistões (C-ABS)
Freio traseiro
Disco de 240 mm de diâmetro e pinça de pistão único
Pneu dianteiro
100/90 19M/C 57H
Pneu traseiro
130/80R17M/C 65H
Dimensões (c x l x a)
2250 x 907 x 1307 mm
Distância entre-eixos
1512 mm
Altura mínima do solo
182 mm
Altura do assento
837 mm
Peso seco
201 kg (STD)
205 kg (C-ABS)
Cor
Preta e branca
Preço público sugerido
R$ 31.800,00 (Standard)
R$ 34.800,00 (C-ABS)
Base Estado de São Paulo, sem despesas com frete e seguro


Jornalista Responsável: Ricardo Ghigonetto (Mtb. 14.150)