sexta-feira, 27 de maio de 2011

Confederate, a marca; Wraith, a máquina

----------------------------------------------------------------
Para quem nunca ouviu falar, a Confederate é uma empresa norte-americana que produz, não simplesmente motos, mas verdadeiras máquinas sobre duas rodas. De suas mais famosas produções, vamos sacar qual é a da B120 Wraith (difícil pronunciar, mas é algo como "ur-eif"), um tornado de classe 5. São 126 cv de potência, gerando torque de 130 pés-libra por segundo (se seu organismo tivesse essa potência, seria capaz de diluir algo como 151 kilocalorias por hora! Quão bom seria não nos preocuparmos com massas e doces e comida demasiada...) Mas, vamos ao que interessa, certo?

A B120 pode alcançar 185 mph, ou o equivalente a 297,7 km/h, mas, o que mais impressiona, mesmo, são seu visual - ao mesmo tempo, inovador, esportivo e agressivo -, o acabamento de primeira qualidade e sua exclusividade, pois, não é em qualquer lugar que veremos uma moto dessa estirpe.
Seu tanque é pequeno, cabendo somente 11,35 lts de combustível, mas não é uma moto feita para viajar e, sim, para curtir o final de semana e dar umas bandas com os amigos. Mas, nada o impediria de pegar um pedacinho de bom asfalto para abusar do acelerador da B120.

O preço sugerido dessa belezinha, nos EUA, é de cerca de 90 mil dólares, pois é uma máquina completamente feita a mão e exclusiva. Para rodar com uma máquina dessas em terras tupiniquins, além de ter que pagar, no mínimo, uns 200 mil reais, ainda teríamos que passar por burocracias intermináveis, até que a moto fosse aceita para circular. Se bem que, dá até dó colocar uma B120 na maioria das ruas e avenidas das cidades brasileiras que, vergonhosamente, ainda são boas para equinos.






Link para a Confederate:

Nenhum comentário: