terça-feira, 19 de março de 2013

TNT 1130 R, a evolução definitiva da Benelli



A Tornado Naked  TRE R, ou TNT 1130 R, é um dos maiores orgulhos da fábrica italiana Benelli, devido não só à tecnologia, mas o esmero aplicado em cada uma das partes dessa excelente máquina.
Essa linda cafe racer é capaz de atingir quase 260 km/h, uma velocidade bastante considerável, sem perder a ciclística, ou seja, ela se mantém firme no curso, mesmo desafiando certos limites. Seu motor de 1130 cm3 é um 3 cilindros em linha, 4 tempos, 12 válvulas (sendo 4 por cilindro) e refrigerado a líquido, que desenvolve incríveis 157,8 cv de potência a 10.200 rpm e tem um considerável torque de 12,2 kgmf a 8400 rpm. Ou seja, tem potência e força o suficiente pra deixar o camarada bastante satisfeito em cima dela. Com 6 marchas, a resposta do motor é bem mais eficaz, sem que, nas finais, o motor fique "pedindo" uma nova marcha, como se aparenta em certos modelos de motos, esportivas ou não.
Seu sistema de escape, com três saídas, segue precisamente as formas do motor, passando por baixo do chassi, até sair por debaixo do banco do passageiro, entre este e a placa, numa única saída compacta. Isso tornou-se um detalhe interessante na moto, quando vista por trás, pois lembra vagamente a turbina de um jato. Outro detalhe é que este escape possui também um catalisador, o que diminui em muito a emissão de gases danosos à atmosfera.
O sistema de amortecimento da TNT 1130 R é super eficiente, a última tecnologia aplicada às motos de velocidade. A suspensão dianteira é composta por garfo telescópico invertido com bengalas de 43 mm de diâmetro, totalmente ajustável, com curso de 120 mm. Já a suspensão traseira possui balança em treliça monoamortecida, totalmente ajustável, também com curso de 120 mm.
Para garantir a parada, a Benelli TNT 1130 R possui dois discos de 320 mm na dianteira, com pinças Brembo de 4 pistões, impulsionadas por bombas da mesma marca, e um disco único de 240 mm na traseira, com pinça de 2 pistões. O sistema de frenagem, em suma, é muito eficiente e garante mais segurança ao piloto.
O preço dessa gracinha, no Brasil, é que não parece ser tão atraente, pelo menos, para a maioria dos mortais. Enquanto, na Europa, ela sai por cerca de € 14.900, em terras tupiniquins sai por menos que R$ 80 mil, a versão "R", que é a suma deste post. Viva os impostos brasilis!

2 comentários:

Artfibras disse...

http://suportedeplaca.wordpress.com/

Muito bom esse site, indicarei aos amigos, abs

Moto Tuning disse...

Site muito bom, informações claras e precisas.

Abs

http://mototunning.wordpress.com/