segunda-feira, 25 de maio de 2009

As Rat-Bikes e seus Rat-Owners

---------------------------------------------------

Talvez, você já ouviu falar das rat-bikes, ou ainda vai ouvir falar. Nem que seja a partir deste blog.
Ser um Rat-biker, não quer dizer ser um agrupador de lixo. Bem diferente disso, é um estilo de vida motociclística no qual os donos das motos costumam ornamentá-las com diversos objetos e lembrancinhas dos locais que visitam em suas viagens. Além disso, não se preocupam em lavar, polir ou enfeitar a moto com adesivos sem nada a ver com o movimento no mais puro estilo "mad max".
----------------------------------------------------
Com um motozão desses, uma rat-bike de respeito. Fotos: http://www.ratbike.org


Dentre esses objetos e lembranças, o que for possível pendurar ou amarrar à moto, é válido. Bonecos(as), cruzes, souvenires, correntes e até mesmo ossos de animais e chifres são vistos em algumas motos e triciclos.
Em todo o mundo, mas principalmente nos Estados Unidos, há uma galera de peso que tem uma verdadeira paixão por esse estilo de motociclismo. Normalmente, modificam - ou, simplesmente, deixam de cuidar - a parte estética da moto já usada, mas, pessoas mais abonadas tiram a moto da concessionária e já começam a transformá-la imediatamente.
-----------------------------------------------------
Uma rat-bike desenvolvida sobre o chassi e o motor de uma Honda Goldwing 1100 cc


Não há como e nem o porque julgarmos a preferência dessas pessoas, já que, além de tudo, trata-se de um estilo que elas adotaram e acham que, assim, estão bem. Tirando nossas conclusões pessoais a respeito disso, de qualquer forma, são motos que chamam a atenção por onde passam e não deixam, de forma, alguma, escapar a suma do motociclismo, que é a liberdade gerada pelo prazer de pilotar uma moto.
---------------------------------------------------------------------
Rat-bike montada, acredite, a partir de uma Harley-Davidson 1450 cc


A disposição em mexer e alterar as características da motocicleta é tão grande que, associado à criatividade, abre portas até para o inusitado. Quer um exemplo? Uma motocicleta com motor Daihatsu, movido a diesel!! O restante da motocicleta, segundo seu proprietário, foi montado em processo quase que artesanal. O câmbio é manual, e fica localizado do lado direito do motor. No guidão, somente a manete do freio dianteiro, que é a disco. O traseiro é freio tambor e sua transmissão é feita por cardan - adaptadíssimo ao cumprimento da moto.
----------------------------------------------------------------




Sobre um quadro completamente modificado, esta rat-bike possui motor de um utilitário Daihatsu a diesel. Foto: http://www.rat-bike.org





Mais informações a respeito desse estilo de ser motociclista, visite o site RAT BIKE.

6 comentários:

Anônimo disse...

caraca eu adoro esse tipo de moto,não gosto de nada original. parabéns Ronaldo

Anônimo disse...

SEMPRE CURTI RATBIKES,ANTES MESMO DE SABER A DESIGNAÇÃO PARA TAL.
REVEJO-ME NESSE ESTILO "RAT-LOOK".

FUCK THE CHROME

Vinícius disse...

Descobri esse estilo a pouco tempo, tenho uma Suzuki intruder,tenho vontade de deixar ela assim, mas da um pouco de pena; mas que fica louco fica, a personalidade da moto fica nas alturas.

fabio faria disse...

boas pessoal... é o seguinte: tenho a minha honda cbr1000 preparada para eventos de bike show para a categoria de rat bike e streetfighter. moto capa de revista em portugal e espanha. varios premios ganhos a nivel nacional e europeu. "espanha" mais precisamente. brevemente irei por as fotos da minha "menina" e espero que gostem... ja agora a mota esta a venda.... meu contacto é: 919806456 fabio faria, vila do conde , cumprimentos...

matova disse...

https://www.facebook.com/groups/1428259560774344/
temos um grupo para conversar a respeito

Anônimo disse...

Facebook.com/RATbikeBRASIL