quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Motos poluem mais

Uma notícia não muito animadora para nós, motociclistas. Segundo testes feitos ao longo de alguns anos, entre veículos de quatro e duas rodas, chegou-se à conclusão (prática) de que as motocicletas poluem mais o ambiente e são mais prejudiciais à camada de ozônio do que carros. Segundo o presidente da Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), Moacyr Alberto Paes, o nível de emissão de poluentes de motos pode chegar a até seis vezes mais do que o nível dos carros.
----------------------------------
As motos podem ser responsáveis por grande parte da emissão de gases danosos ao meio-ambiente.



Isso se explica pelo seguinte fator: espaço. A moto, apesar de possuir um motor bem menor do que o do carro e consumir muito menos combustível, não possui tantos filtros e nem tratamento de escape quanto o outro. Mesmo as motocicletas que contam com catalisador, como a Yamaha Fazer 250, por exemplo, dentre outras, ainda liberam quantidades além do que seria esperado. Além disso, a preocupação com os motores dos carros começou bem antes, obrigando os fabricantes a trabalharem mais cedo nessa questão, do que as até então despreocupantes emissões feitas pelos veículos de duas rodas. O Promot (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares) determina limites de níveis de emissão, que devem ser respeitados por qualquer um. Consulte a tabela do Promot clicando aqui. Se quiser saber a quantas anda sua motocicleta, dirija-se a uma concessionária de sua marca, ou procure um posto do INMETRO.

Um comentário:

Motocicletas disse...

Motocicletas apesar de bem mais práticas no trânsito, infelizmente poluem muito mais o meio ambiente mesmo.