quinta-feira, 4 de junho de 2009

Yamaha XVS 950: uma Custom nervosa

-------------------------------------------
A Yamaha acaba de trazer mais uma ótima custom para o mercado brasileiro. Trata-se da XVS 950 Midnight Star, uma estrela que, se depender de horário, não se apresentará somente à meia-noite.
-------------------------------------------
Disponível nas cores preta, vermelha e azul, a nova XVS 950 mantém o estilo "long and low" (longa e baixa) das motos custom.

Fotos: divulgação

Para não fugir do estilo custom, seus engenheiros criaram linhas suaves e curvilíneas, rebuscando o classissismo existente nessa categoria de moto e ainda mantiveram a característica de moto "baixa e longa".
A Midnight Star possui piscas com capas transparentes, cromados em várias partes da moto e rodas de liga-leve em tons prata e preto. A transmissão final nessa custom é feita por correia dentada, trazendo mais conforto e tranqüilidade ao piloto, pois exige pouca manutenção, em relação ao sistema por corrente.
Seu motor em "V", com inclinação de 60º, refrigerado a ar e potência real de 942 cc, é alimentado por injeção eletrônica. A 6.000 rpm, ele gera 54 cv de potência e seu torque chega a 7,84 kgf.m com apenas 3.000 rpm. Uma máquina bruta e com velocidade final de quase 210 km/h.
Seu chassi é formado por um quadro "berço duplo" de aço, com 2,435 m de comprimento, 1 m de largura, entreeixos de 1,685 m, altura de 1,08 m, altura do assento de 67,5 cm, altura do solo de 14,5 cm e peso de 261 kg (seco). O tanque tem capacidade para 17 litros, o que lhe rende uma autonomia de mais ou menos 220 quilômetros (levando-se em consideração ela fazer uma média de 13 km/l).
--------------------------------------------
XVS 950 Midnight Star: estilo clássico e ótima potência

O pneu dianteiro mede 130/70, com aro 18, enquanto que o traseiro mede 170/70-16. O conjunto de suspensão - marca Kayaba - é formado pelos garfos dianteiros, cada um medindo 41 mm de diâmetro e 135 mm de curso. Na traseira, a moto conta com um monoamortecedor de 110 mm de curso. O sistema de freio é composto por discos simples em ambas as rodas. A segurança e o conforto foram itens de grande preocupação da Yamaha: enquanto a suspensão absorve muito bem as imperfeições e impactos menores existentes nas ruas e estradas brasileiras - até parece que ela foi feita para as vias tupiniquins.
-------------------------------------------
A transmissão final por correia dentada garante ainda mais conforto ao pilotar a XVS 950


Há referências a respeito da XVS 950 Midnight Star em que ela será a substituta da atual Drag Star 650, também da Yamaha. Tal fato não é confirmado pela fabricante, mas, que é uma moto que terá grandes admiradores, isso é.
----------------------------------------------
O painel - semi-digital - fica no tanque, mas traz informações básicas, como velocidades, indicadores de status de seta, farol e ponto-morto

3 comentários:

Xavier disse...

qt vale umas dessas Malluko???
to pensando em largar a minha shadow...
hehehe

Xavier Forasteiro

Mozart F "Malluko" disse...

Meu velho amigo Xavier, não sei porque, mas há diferença no preço da vermelha e da preta. A primeira custa R$ 34.900 e a segunda, R$ 34.600. Quer fazer seu pedido agora? :)

Anônimo disse...

estou comprando 2 em Florianópolis, por 58,000 na cor vermelha, 0km. procure no site da yamaha onde comprar, liga e pede orçamento....