quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Honda Lead 110 chega às concessionárias em seu modelo 2011

--------------------------------------------------------------

Modelo será comercializado nas cores preta, vermelha metálica, amarela metálica e rosa metálica

O Lead 110, lançado no País em junho de 2009, já conquistou os consumidores brasileiros: em 2010, foram quase 19 mil unidades comercializadas. O expressivo desempenho fez com que o modelo alcançasse a liderança da categoria, com 68% de participação de mercado. É o scooter da Honda mais vendido no mundo e, em setembro de 2010, atingiu a marca histórica de um milhão de unidades comercializadas.

Seu modelo 2011 já pode ser encontrado nas mais de 700 concessionárias Honda distribuídas por todo o País. A novidade são as cores disponíveis – preta, vermelha metálica, amarela metálica e rosa metálica, que substituem a preta com detalhes vermelhos e a cinza metálica com detalhes em prata, comercializadas na edição especial e limitada lançada em setembro de 2010 para comemorar a marca de 1 milhão de unidades vendidas no mundo.

Em virtude do sucesso da edição especial, o preço promocional foi mantido para a Linha 2011. Assim, o modelo chega com preço público sugerido de R$ 5.690,00 (base Estado de São Paulo e não inclui despesas de frete e seguro). A garantia é de um ano, sem limite de quilometragem.



Na medida certa

O sucesso conquistado pelo Lead 110 no mercado brasileiro não é por acaso. Estilo urbano, porte ideal para o uso cotidiano, transmissão automática, porta capacetes duplo, confiabilidade e segurança são atributos fundamentais que permitiram tal trajetória de sucesso.

Equipado com motor de 108cm3, OHC (Over Head Camshaft), monocilíndrico, quatro tempos, com duas válvulas e arrefecido a líquido, é alimentado por injeção eletrônica de combustível PGM-FI, que garante economia e confiabilidade, gerando potência máxima de 9,2 cv a 7.500 rpm e torque de 0,97 kgf.m a 6.000 rpm.


O modelo apresenta ainda transmissão automática tipo CVT (V-Matic), que proporciona conforto e fácil pilotagem, uma vez que não é necessário trocar de marchas: basta acelerar e aproveitar o passeio.

A carenagem que envolve o guidão conta com farol com lente multi-focal, que gera potentes feixes de luz de 35/30 watts e assegura ótima visibilidade durante a pilotagem. As setas, integradas ao escudo frontal e com lentes multi-refletivas, podem ser mais facilmente visualizadas pelos demais motoristas em meio ao trânsito. Na traseira, os piscas também são integrados à lanterna.
 
O painel de instrumentos é composto por velocímetro, hodômetro total, marcador de combustível, indicador da temperatura do motor, além de luzes-espia da injeção eletrônica, piscas (com direita e esquerda independentes) e farol alto.

O formato do assento, em dois níveis e com 740 mm de altura do solo, garante conforto para piloto e garupa. O assoalho permite a proteção e o descanso dos pés do piloto e seu formato mais esguio facilita o apoio dos pés no chão. Para o garupa, o conforto é ampliado pelas pedaleiras de alumínio retráteis e pelas alças em alumínio, integradas ao bagageiro.

Sob o banco há um amplo compartimento aberto pela chave de ignição, com capacidade para acomodar dois capacetes. Há ainda um porta objetos localizado abaixo do painel, também trancado com chave, e um gancho de utilidades para transporte de bolsa ou sacola. Completando o conjunto, o resistente bagageiro traseiro, em alumínio, pode acomodar bauleto (disponível no mercado).


O tanque de combustível, com capacidade para armazenar 6,5 litros (com reserva de 1,8 litro), está instalado sob a plataforma sobre a qual o piloto apóia seus pés. O acesso é facilitado pelo bocal externo, protegido por capa e tampa com chave.

O chassi monobloco tipo “underbone”, em aço tubular resistente, oferece maneabilidade e segurança na pilotagem, mesmo com transporte de garupa e de carga. Com distância entre eixos de 1.274 mm e peso seco de 109 kg, o modelo garante excelente dirigibilidade para driblar os engarrafamentos do trânsito urbano.

As suspensões, do tipo garfo telescópico com 90 mm de curso na dianteira e monoamortecida com 84 mm de curso na traseira, ampliam o conforto do piloto, proporcionando uma pilotagem mais segura e agradável. As rodas, com 12’’ na dianteira e 10’’ na traseira, e os pneus também auxiliam a absorção dos impactos. Essas características, aliadas à distância mínima do solo de 115mm, permitem que o Lead 110 se destaque no segmento e transmita mais confiança ao pilotar.

O eficaz sistema de freios, composto por disco com 190 mm de diâmetro na dianteira e tambor de 130 mm na traseira, é equipado com o exclusivo sistema de freios CBS (Combined Brake System). Devido a este sistema combinado, ao acionar o freio traseiro, o dianteiro é acionado simultaneamente, aumentando a segurança e melhorando a frenagem. Possui também freio de estacionamento, acionado junto ao manete do freio traseiro.


Jornalista Responsável: Ricardo Ghigonetto (Mtb. 14.150)

Fonte: http://www.honda.com.br

Nenhum comentário: